domingo, 12 de abril de 2015

RESSONÂNCIA I - ROMPENDO VELHOS PADRÕES


    A ressonância ocorre quando um campo responde, por simpatia, a outro campo e trocam energia entre
si. Imagina duas cordas de guitarra, igualmente afinadas, uma ao lado da outra. Pulsa uma delas para criar
uma onda estacionária e verás que a outra vibrará exatamente na mesma frequência. Da mesma forma,
coloca o «senhor Irritado» numa sala com outras pessoas e, em pouco tempo, também elas começarão a
sentir-se irritadas. Isto deve-se a que os campos energéticos do «senhor Irritado» estão empestados com
raiva, a qual entra em ressonância com os campos dos outros. Eles podem não se sentir irritados imedia-
tamente, mas, como a raiva é uma energia, não tarda que o corpo emocional de cada um dos presentes
detecte a energia que o «senhor Irritado» está a transmitir na frequência «raiva». As pessoas que a senti-
rem começarão a ressoá-la, por simpatia, porque os seus campos também possuem energia «raiva», de
frequência igual ou similar à que o «senhor Irritado» está a emitir. Até certo ponto, essas pessoas come-
çam a construir uma onda estacionária de raiva nos seus campos e, de repente, verificam que estão irrita-
das. Mas, de facto, elas apenas estão em ressonância com a energia «raiva» do «senhor Irritado»... que foi
quem desencadeou o processo. Por outro lado, as pessoas que não entraram em ressonância, não terão
qualquer ideia por que o ambiente daquela sala se tornou intolerável.

    Tu, agora que já sabes como estas coisas funcionam, o que farás?

   Felizmente, o conhecimento de como funcionam os campos energéticos, propicia uma série de técnicas
que podes usar, tanto para alterar a forma como a energia vibra nos teus campos, como para enfrentar a
energia da realidade de consenso e, assim, recuperar o controlo sobre a forma como eles vibram.